A Lazio vai atrair olhares

Maurizio Sarri não poupou Claudio Lotito, pediu reforços e foi atendido. Para a primeira parte da pré-temporada foram seis contratações, dentre eles: Marcos Antônio, Mario Gila, Alessio Romagnoli, Luís Maximiano, Nicolò Casale e Matteo Cancellieri. Tendo novas figurinhas no plantel, a Lazio partiu para Auronzo di Cadore em busca do preparo tradicional para a temporada a seguir.
As águias vão para a cidade situada na região do Veneto há mais de quinze anos, o que já se tornou tão habitual quanto disputar a Serie A. Na bela — e pequena — cidade cheia de montanhas, o clube da capital disputou quatro amistosos.

• Lazio 21-0 Auronzo

O resultado não é nada espantoso, uma vez que a Lazio já goleou o Auronzo em diversas vezes com placares variados entre 17-0, 14-0, 18-0, 20-0 e por aí vai. O diferencial aqui é que, mesmo sem a atuação de Ciro Immobile e Sergej Milinković-Savić, o clube capitolino conseguiu quebrar o recorde contra o time da nona divisão italiana.
Marcos Antônio, por sua vez, entrou no segundo tempo e Cancellieri estava entre os titulares, sendo essa a primeira partida de ambos com a camisa da Lazio.

• Lazio 5-0 Dekani/ESL

A segunda partida do retiro em Auronzo di Cadore marcou a estreia de Casale, Luís Maximiano e Romagnoli. Acerca da partida contra o clube da segunda divisão eslovena, Immobile e Milinković-Savić enfim entraram em campo e, juntamente com Pedro, Zaccagni e Bašić, comandaram a vitória biancoceleste.

• Lazio 3-1 Triestina

Em suma, a Triestina, clube da região, foi o adversário mais forte no retiro.
Parecia um jogo simples, mas um gol de falta na metade do segundo tempo pelo meio-campista Gómez deu emoção à partida.
Os destaques ficaram por conta de Marcos Antônio, titular pela primeira vez, e Marco Bertini, autor de um senhor golaço no final da partida.

• Lazio 4-0 Primorje/ESL

O desfecho do retiro em Auronzo di Cadore se deu com uma partida contra outro clube da segunda divisão eslovena. Depois dessa partida, a excelente atuação de Matteo Cancellieri chamou a atenção do torcedor laziale.

• Pausa para o mercado de transferências (saídas)

Durante a pré-temporada, Claudio Lotito finalmente transferiu Vedat Muriqi em definitivo, vendido pelo valor de 10 milhões de euros para o Real Mallorca. O kosovar não agradou em nada e fechou sua passagem pela Lazio com dois míseros gols marcados contra a Atalanta, a propósito, na mesma semana.
Outro transferido foi Denis Vavro, o terceiro zagueiro mais caro da história do clube, que na realidade foi um verdadeiro fracasso, assim como Muriqi. Além dele, Gonzalo Escalante foi mais um a deixar a Lazio.

• Quem mais entrou no clube?

Matías Vecino, proveniente da Inter de Milão, foi contratado a custo zero, a fim de preencher o meio de campo. Por fim, houve a contratação junto ao Spezia de Ivan Provedel, um goleiro para disputar posição com o português Luís Maximiano.

• Segunda parte da pré-temporada: Genoa 4-1 Lazio

A Lazio viajou para Grassau, na Alemanha, e teve um doloroso revés contra o clube da Liguria. Massimo Coda marcou três vezes e foi o destaque da goleada genovesa para cima do primeiro time da capital italiana.
Foi nesse jogo — um verdadeiro desafio — que Maurizio Sarri pode, enfim, perceber que ainda há falhas no time. Primeiramente, uma adaptação se faz necessária devido à quantidade de reforços que chegaram. Embora o pelotão da frente seja o mesmo, toda a defesa foi remontada e a falta de entrosamento ficou evidenciada nessa dura e necessária derrota.

• Lazio 0-0 Catar

O que mais chamou a atenção nessa partida foi o quão exótica a mesma foi. Em verdade, não é nada comum ver seleções fazendo amistosos contra equipes, porém vale ressaltar que o Catar está se prontificando para disputar e sediar sua primeira Copa do Mundo, portanto, busca se preparar disputando o máximo de amistosos possíveis, inclusive enfrentou outros clubes como Udinese, Mallorca, Antwerp e Fiorentina.
A partida, no entanto, disputada na cidade de Salzburg foi bem fraca e de pouca criação. Apesar da Lazio ter dominado e atacado durante todo o jogo, a águia de Roma não conseguiu furar a defesa catare.

• Real Valladollid 0-0 Lazio

O jogo até valia taça, o Troféu Cidade de Valladollid, e foi mais uma fraca partida da Lazio, uma vez que o primeiro chute aconteceu apenas aos oito minutos da segunda etapa, numa falha tentativa de Toma Bašić.
O zero a zero permaneceu e a disputa foi para os pênaltis, a qual foi vencida pelos anfitriões pelo placar de 4-1.

• Serie A à vista

A preparação acabou e o torcedor da Lazio espera que o que tivesse de corrigir fosse corrigido ao longo dessas sete partidas da pré-temporada. Neste domingo (14 de agosto) começou para valer, o primeiro desafio foi contra o Bologna, num Olímpico que prometia cerca de 40.000 espectadores. A casa cheia foi um reflexo da campanha do “abbonamenti”, na qual a Lazio vendeu 23.600 ingressos antecipados para os dezenove jogos em casa na Serie A.

Acerca da partida, foi uma atuação divertida. No entanto, Luís Maximiano foi expulso logo aos 5 minutos de jogo, por ter pego a bola fora da área. Logo de cara, Toma Bašić foi sacrificado e deu lugar a Ivan Provedel, assim destruindo todo o preparo feito pelo técnico Sarri.

Arnautovic marcou, de pênalti, aos 37 minutos, De Silvestri cometeu um gol contra e Ciro Immobile fez o gol da virada da Lazio já nos 10 minutos finais da partida. A squadra biancoceleste venceu por 2-1 o clube da Emiglia-Romagna e fechou a primeira rodada da Serie A na sétima colocação.

 

SHARE